Livro: Paraíso
Autora: Deyse R. Nicoli
Editora: Novo Século
Páginas: 397
Tempo de leitura: 1 dia
Nota: 10

SINOPSE: Está é a história de uma mulher como muitas outras. Marcada por tragédias pessoais, cansada, sem expectativas e sonhos. Débora deixa sua família e parte em busca de uma nova vida. Essa fuga a levará a um lugar distante de tudo o que já conhecera: uma grande fazenda, localizada na pequena cidade de Vila Paraíso. O lugar a surpreende de diversas maneiras. A paisagem é de tirar o fôlego, o novo trabalho é tudo o que precisava e as pessoas são, a extensão de sua família. Tudo parecia perfeito, mas Marcos, um dos donos da fazenda, vai macular a perfeição desse Paraíso.

Como começar a falar desse livro? Só pra vocês terem noção eu li quase 400 páginas em 1 dia, eu não conseguia parar de ler, era sempre: "mais um capítulo, só esse capítulo" e quando eu vi já tinha chegado no fim e quase choro. Fiquei surpresa do quanto gostei da leitura.

O livro cota a história de Débora, uma jovem professora de 28 anos e de Marcos, um jovem com um passado tão obscuro quanto o de Débora. Ela decide aceitar o emprego na fazendo da família de Marcos afim de mudar completamente sua vida e deixar pra trás esse passado. Chegando na cidade ela descobre o porque ela se chama Vila Paraíso, o lugar é simplesmente lindo, típico cenário de filme: montanhas cercando a cidade, vegetação bem verdinha e flores por toda parte, e ao chegar na fazendo Boa Vista ela se depara com mais uma surpresa, a casa parece um castelo e todos que vivem lá são muito receptivos e carinhosos, menos Marcos o filho mais velho de Dona Carmem, assim que viu Marcos, Débora sentiu por ele algo que ela não sabia explicar: ele possuía uma beleza extraordinária sem contar que ele era a cara do seu personagem favorito. Dona Carmem cuidava da fazendo com seus outros dois filhos: Max, e Léo, e sua nora Eva (mulher de Max), mesmo Marcos fazendo de tudo para ignorá-la e ser rude, ela se sentia em casa. 


Com o passar do tempo ela ficava ainda mais encantada por Marcos, Eva por sinal fazia de tudo pra que Débora ignorasse o jeito bruto e enxergar o homem que existia por trás daquela armadura, e que ela não desistisse de tudo por causa dele. A amizade de Débora com Léo foi crescendo e cada vez mais irritando Marcos, algumas aventuras e sustos depois eles se beijam, despertando nela uma paixão que ela não conseguiu controlar. A história vai passando e descobrimos o passado de Débora e as razões que fizeram de Marcos o ser um homem desconfiado e descontrolado, despertando em nós leitores uma curiosidade pra saber como eles vão conseguir ficar juntos com tanta coisa cercando esse "relacionamento".

No meio dessa história, Débora, Eva e Ângela (namorada de Léo) se tornam muito amigas e ela começa a conhecer um pouco mais da história das duas, sendo Eva a que mais a surpreende, um mulher corajosa, destemida e muito confidente, assim como Dona Carmem que acaba se tornando uma segunda mãe. Muitas confusões, brigas, choros e despedidas depois, Marcos e Débora ficam juntos, Eva e Max vão ter um bebê e Ângela e Léo finalmente estão prontos para um passo maior, porém algo acontece e Débora foge, deixando pra trás tudo que ela conseguiu construir com aquela família. O final do livro é tão lindo, tão cheio de surpresas e te deixa querendo viver uma história assim também.


A autora fala que uma pequena parte do que está escrito é real, a outra parte ela queria que fosse, fazendo o leitor quebrar a cabeça pra saber quais partes são reais e quais não. Um romance de tirar o fôlego, Paraíso é o primeiro livro da Deyse Ramos Nicoli. Ela soube escrever a história com tanta realidade e sentimento, os personagens secundários são tão importantes como os principais e deixam a história ainda mais legal, como as cantadas e o jeito sedutor de Léo, a cumplicidade e a falta de dotes culinários de Eva, os vestido sensuais que Dona Carmem usava nas festas da associação espanhola, as engraçadas cunhadas de Débora que vivem dizendo: "querida, você está perdida". A  obra toda é maravilhosa e eu fiquei desejando um Wolverine desse pra mim (vocês precisam ler o livro pra saber essa referência HAHA), cada detalhe foi bem pensado, e as personalidades de cada personagem caiu como uma luva, a capa transmite a beleza que o lugar possui.

Deyse é mais uma parceira do blog e como sempre, aqui agradeço por essa oportunidade e pelo carinho que ela transmite para seus leitores e parceiros, muito obrigada por deixar eu viajar no seu maravilhoso Paraíso.

2 Comentários

  1. Nunca li o livro, mas já ouvi falar ! Adoro quando o livro é baseado na vida do autor... é tão bom! E eu fico pensando "será que posso encontrar esse personagem? " pe torturo com isso haha
    http://lendonoinverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KAKAKA e ela já diz no livro que parte da história é real a outra ela queria que fosse, ai o leitor fica imaginando o que é verdade ou não! Muito bom,sugiro que dê uma lida quando puder :*

      Excluir