Livro: Sem Destino
Autora: Bruna Longobucco
Publicação Independente (BrasilPlot Comunicação)
Páginas: 334
Tempo de leitura: 2 dias

SINOPSE: Helena é rica, mimada e revoltada. Os escândalos em que se envolve são noticias constantes no jornal de mais circulação do Estado de Minas Gerais. Desafiar o pai, um empresário de sucesso, tornou-se praticamente uma obsessão. Então, um grave acidente em um fim de semana tumultuado muda sua vida de forma radical e a coloca cara a cara com o passado. Agora, ela vai ter que vencer seus medos, descobrir qual o segredo que sua memória bloqueou e, em meio a uma série de contratempos, viver uma história de amor, intriga e suspense.

Uma história verdadeiramente envolvente, delicada e forte do inicio ao fim, tendo como cenário Minas Gerais com uma pegada romântica contemporânea e cheia de intrigas, amor, ódio, rejeição, vingança e paixão (ufa!), que não me deixou largar o livro até chegar no final. 

Helena é independente, egoísta, temperamental e possui uma relação extremamente conturbada com o pai Mauro e carrega a dor de um passado que consiste em atormentá-la. Sempre tendo tudo que desejava, passou a maior parte da sua infância na fazenda do avô, seu Altinho, onde tinha dois melhores amigos Ana e Tiago, e por esse último era apaixonada e sonhava com um futuro ao seu lado e tudo parecia que ia dar certo. Com o passar do tempo e a perda das únicas pessoas que realmente apoiavam e serviam de suporte para Leninha, sua mãe e seu avô, ela se torna uma menina rebelde e só piora com o tempo.

Ao lado de Íris, sua "amiga" ela se perde cada vez mais nas festas e nas bebidas, tentando em vão arrancar a dor angustiante do seu peito, e tentando atingir o pai com seus escândalos as duas amigas resolver fazer uma festa na fazenda e a partir daí o futuro de Helena se transforma em um tornado de emoções e confusões. Depois de um acontecimento nessa festa, o pai de Lena resolve puni-la fazendo-a morar na fazenda por tempo indeterminado, sozinha e sem dinheiro, ela começa a planejar um meio para se vingar do pai.

Já morando na fazenda Alcides , Maria e Antônio, empregados e moradores da fazenda percebem que a Leninha que eles conheciam já não existe mais e após descobri que Tiago está noivo de Ana, seu mundo despenca ainda mais. Perturbado co a chegada de Helena, Tiago tenta ao máximo ficar longe dela. Tentando lutar com os sentimentos que não conseguiram deixar no passado, vemos os protagonistas amadurecem com os acontecimentos e os desejos são aflorados com o passar do tempo.

Aconselhada por seu primo Otávio, Lena tenta conquistar o que é seu por direito, a fazenda que sua mãe deixou de herança, será que tudo finalmente vai se acertar? Otávio se apaixona por Ana e aparentemente o sentimento é recíproco, imaginem a confusão que isso vai causar.

Após uma ideia maluca, Tiago e Helena se casam (!!!!!) e juntos tentam sustentar a fazenda, porém sustentar um casamento comercial é ainda mais difícil, rola briga, separação e mais briga. Tiago é mandão e muito ciumento, um verdadeiro maco alfa (e que na minha imaginação é bem gostoso, desculpa) e em vão tenta por um pouco de juízo na cabeça da mimada da Helena que mesmo quando tenta ajudar só atrapalha. Teve momentos que eu quis socá-la, mas no decorrer da história ela conseguiu resgatar aquela menina que sempre existiu debaixo da pele que escondeu para irritar o pai e eu me peguei admirando-a em alguns momentos e aos poucos ela consegue usufruir de uma alegria que nem se lembrava mais que exista. As cenas hot entre os protagonistas me fez suspirar e desejar um Tiago também.

Finalmente Helena descobre a verdade sobre seu passado e é bem chocante, fiquei de boca aberta. O final de alguns personagens também me deixou bastante arrepiada e bati palmas para o Tiago, quando em alguns momentos ele consegue perdoar as besteiras de Leninha. Pense num casal poderoso, a cada cena eu ficava torcendo pra eles se acertarem e viverem felizes para sempre, será que isso aconteceu?

Uma montanha-russa de emoções, com outros personagens tão importantes para o desenrolar da história como o quase casal Rodrigo e Candinha e Célia, que pra mim representou a figura materna de Helena durante toda a história. A autora conseguiu entrelaçar um romance recheado do começo ao fim de cenas marcantes e personagens fortes e determinados, eu não conseguia largar o livro até o fim e quando o fiz, queria mais. Bruna encantou e surpreendeu ela leitora que vos escreve com uma escrita leve e ao mesmo tempo poderosa.

A capa do livro é linda, a diagramação é excelente, só me incomodou um pouco as folhas brancas, que vocês já sabem que eu não curto muito, fora isso o restante está perfeito, esse livro é de parceria com a autora Bruna Longobucco e eu não poderia deixar de parabenizá-la por essa história incrível e que me fez lembrar muito outro livro nacional chamado Paraíso (TEM RESENHA DELE AQUI).

Enfim, espero que vocês tenham a oportunidade de ler esse livro maravilhoso e desfrutarem comigo o gostinho de história boa e pra quem já leu me conta qual parte gostou mais *sem spoilers*, até a próxima.

Deixe um comentário