Livro: As Voltas que o Mundo Dá
Autora: Thainá Alexandre
Editora: Chiado
Páginas: 439
Tempo de leitura: 2 dias

SINOPSE: A vida é feita de fases e Mônica Garcia já provou de algumas delas. Umas foram tranquilas e doces, outras agitadas e pavorosas, mas nenhuma se compara com a que começou há um ano, pois essa durará sua vida inteira. Mônica é a prova viva da imprevisibilidade da vida. Desde o acidente que tirou sua visão, ela se sente totalmente desmotivada e depressiva. Afinal, como fazer as coisas que ama se não pode enxergar? Parece que sua vida vai se resumir para sempre em escuridão, um quarto e algumas conversas com seu melhor amigo Hélio. Ah! Pobrezinha da Mônica. Ela ainda não sabe o quão surpreendente podem ser as voltas que o mundo dá.

Gente eu ainda estou assim *O* com esse livro, quanta sutileza, quanta superação e quanto amor nume leitura só, juro que essas 439 páginas foram devoradas e quando acabou eu ainda queria mais! Bom, sem mais delongas vamos a resenha!

Mônica era uma adolescente normal como todas as outras, eu disse era, até que um belo dia andando com seu então namorado Júlio, ela perde a visão em um tiroteio na cidade e depois disso tudo muda (os médicos disseram que talvez com uma cirurgia ela poderia voltar a enxergar, porém a família de Mônica não tinha dinheiro). Sua antiga vida parece ter sido a milênios atrás, seus amigos se afastaram e ela tenta ao máximo de adaptar a nova vida e tenta ultrapassar os próprios obstáculos. Como sua rotina agora havia mudado, agora ela estudava em uma escola para cegos, onde havia feito amizade com Hélio.

Após um ano do seu acidente, Mônica e sua família já estavam se adaptando melhor e ela conhece Eduardo. Eduardo é irmão mais velho de Hélio e estuda Educação Física, conseguiu um estágio de verão na Associação onde Mônica estuda (apesar de já ter se formado no colegial e ter 19 anos, ela precisou começar a estudar braile, por isso ela frequentava a Associação diariamente), e apesar da coincidência de nomes (alô Legião Urbana) eles também eram completamente diferentes.

Mônica é engraçada, sarcástica, não desiste de uma luta, enquanto enxergava ela amava pintar, ler e escrever, mas após a perda da visão ela deixou isso de lado achando que nunca mais seria capaz de fazer tais coisas, quando ela e Edu se aproximam ela nem imagina o quanto estava errada. Conviver com Eduardo trazia paz e alegria, um novo futuro que ela não acreditava mais, e um final pra lá de emocionante.

A diagramação do livro é ótima (na minha opinião aqueles parágrafos me salvaram), a capa é linda, o enredo e lindo e a escrita também e maravilhosa, na edição tinha pouquíssimos erros, quase imperceptíveis. A editora realmente fez um ótimo trabalho! 

O jeito que a Thainá desenvolveu a história é muito viciante, eu não conseguiu parar de ler e de tentar chegar no final pra vê se aquilo que eu imaginava realmente iria acontecer, o crescimento pessoal da personagem é inspirador e a autora soube tratar de um assunto delicado com muito amor e maestria, parabéns Thainá pelo livro lindo, realmente me emocionou ❤️

É isso gente linda, pra quem gosta de romance com final feliz super recomendo esse livro, sério... Quem não gosta de final feliz? Até a próxima 😚 

2 Comentários

  1. Aiiiii. Que amorrrrrr. Eu adorei. Fiquei muito feliz por você ter citado coisas que quis colocar no livro, Acho que deu certo. Preocupei-me bastante com essa questão de desenvolvimento da personagem Mônica porque no fundo ela sempre foi daquele jeito só estava muito magoada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiie Thainá, que bom que você gostou minha querida! Como já falei, eu amei seu livro e a Mônica é uma personagem maravilhosa <3

      Excluir